Força Atlética vence Sinop e disputará a final da Liga Nacional – Conferência Centro-Oeste com o AA UNB

Postado em: 5 de agosto de 2017

Força Atlética vence Sinop e disputará a final da Liga Nacional – Conferência Centro-Oeste com o AA UNB

Resultado também garantiu vaga para a equipe nas quartas de final da Liga Handebol Brasil, em outubro

Na tarde deste sábado, 05, pelas semifinais da Liga Nacional Feminina Conferência Centro-Oeste, a Força Atlética/ Estácio de Sá/ Governo de Goiás venceu o Sinop (MT) por 28×19, no Ginásio Internacional Newton Faria, em Anápolis (GO). O resultado carimbou o passaporte para grande final de amanhã e ainda garantiu uma vaga para as quartas de final da Liga Handebol Brasil, em outubro, que contarão com as equipes das conferências Sul-Sudeste, Norte e Nordeste.

O primeiro período da partida foi equilibrado, com a equipe adversária abrindo o placar, mas a reação das atletas da Força Atlética/ Estácio de Sá/ Governo de Goiás foi rápida, conseguindo encerrar os primeiros 30 minutos com um placar de 11×08.

Já no segundo período, as goianas conseguiram evoluir no ataque, tendo êxito na maioria das finalizações. O resultado final foi de 28×19 para a Força Atlética/ Estácio de Sá/ Governo de Goiás deixou o técnico Jorge Castilho satisfeito.

“Nós esperávamos um jogo duro. E fomos nos adaptando. No primeiro tempo o ataque poderia ter rendido o que rendeu no segundo. O Sinop é uma grande equipe, mas esse dia era nosso”, comemorou.

Para a final com o AA UNB a expectativa é de jogo difícil. “Mas final é final. Não importa quem está lá. Quem chegou é porque tem mérito e tem condições de ser campeão. Vamos respeitar a equipe adversária com muita humildade, mas nós vamos fazer a nossa parte e tentar de tudo para ganhar”, garante o técnico.

A decisão da Liga Nacional Conferência Centro-Oeste com o AA UNB (DF) está marcada para ocorrer neste domingo, 06, a partir das 10h, na arena do Ginásio Internacional Newton Faria, em Anápolis (GO).

Equipe

O time da Força Atlética/ Estácio de Sá/ Governo de Goiás é formado pelas goleira Murila Torres, Adriana e Barbielli; centrais Amanda Souza e Abyda Ferreira; pontas Thaís Rosa, Elhise Santos, Tayane Santos Oliveira e Tamara Amuzuê; meias Juliana Morgana, Yasmin Rodrigues, Isadora Ribeiro e Beatriz, armadora Thaís Andrade e pivôs Marina Helena, Amanda Barreira.

Sobre a competição

A Liga Nacional Feminina Conferência Centro-Oeste teve início no dia 02 de agosto e segue até o dia 06 com jogos no Ginásio Internacional Newton Faria e no Ginásio Poliesportivo Praça Gracinda Maria, em Anápolis (GO).

Ao todo, oito times – dois de Goiás, três do Distrito Federal, um do Mato Grosso, um de Mato Grosso do Sul e um de Tocantins. – disputarão duas vagas para a segunda etapa da competição, que será entre os dias 25 a 29 de outubro.

Esta é a terceira vez que a Força Atlética participa a Liga Nacional – a equipe participou também em 2013 e 2014 – mas agora é a primeira vez neste novo formato que envolve todo o país.

 A Liga

A Liga Nacional é dividida por regionais. As outras Conferências são Sudeste, Norte e Nordeste. A Centro-Oeste é uma novidade para 2017, complementando o formato criado em 2016 com o objetivo de proporcionar a participação de equipes de todo o Brasil na principal competição da modalidade.

Nesta primeira fase, as conferências vão jogar apenas entre si, sem se cruzarem. As duas melhores equipes da fase Centro-Oeste avançaram para a segunda fase, que será entre os dias 25 a 29 de outubro.

 

 Os jogos da Força Atlética

06.08 (domingo) FINAL – 10 horas – Ginásio Internacional Newton de Faria – Força Atlética/ Estácio de Sá/ Governo de Goiás X AA UNB/ Handebol (DF)

A equipe

A Associação Cultural e Esportiva Força Atlética desenvolve em Goiânia e na região metropolitana o trabalho de handebol feminino de alto rendimento, com treinamento de equipes na categoria de base, cadete, juvenil, júnior e principal.

Desde 2007, a Força Atlética também desenvolve projeto social com o atendimento de alunos de redes públicas de educação. A ação é voltada para crianças e pré-adolescentes, oferecendo inclusão, esporte e aulas transversais sobre meio ambiente e combate às drogas.