Postado em: 19 de junho de 2017

Força Atlética/ Estácio de Sá perde na estreia no Campeonato Brasileiro

Equipe juvenil é representante goiano na fase final da competição

O time juvenil da Força Atlética/ Estádio de Sá/ Governo de Goiás jogou na noite de quarta-feira contra a equipe do Pinheiros (SP). As meninas perderam por 34 a 13 na estreia na competição.

O segundo jogo será no feriado desta quinta-feira (15) contra a equipe de Campo Verde (MT). Os dois primeiros times de cada chave se classificam para as semifinais e os outros disputam da quinta a oitava colocação.

O time comandado por Anelena Garcia Costa levou para o campeonato  as armadoras Ana Carolina Alves Negrini de Oliveira, Camila Netto Rezende, Carolina dos Santos Brehm, Geovana Borges Santos, Khetanny Daiany Andrady Gomes, Lorraine Carvalho Ferreira, Maria Paula Albino Mendes e Yasmin Rodrigues Melo. As pontas Kelly Lemos Nascimento, Lívia de Paula dos Reis e Silva, Maria Paula Gomes Fonseca e Thais Rosa Arruda. E as goleiras BarbiellyBispo Cabral, Lô-Ruama Isla da Silva Mourão, Marjorie Cristina Bizachi e a pivô Maria Júlia Netto Rezende.

Segundo a técnica, a Força Atlética/ Estácio de Sá busca ficar entre as quatro primeiras colocadas. “É um campeonato forte que reúne as melhores equipes do país. Nosso objetivo é conseguir um resultado expressivo mesmo sabendo do alto nível da competição”, pontua.

 

Tabela de jogos

15.06 (quinta-feira)

15h45 – ACVHB/V.BRASIL/C.Verde (MT) X Força Atlética/ Estácio de Sá/ Governo de Goiás

16.06 (sexta-feira)

17h30 – Corinthians Paulista (SP) X Força Atlética/ Estácio de Sá/ Governo de Goiás

17.06 (sábado) – semifinais

18.06 (domingo) – finais

 

A equipe

A Associação Cultural e Esportiva Força Atlética desenvolve em Goiânia e na região metropolitana o trabalho de handebol feminino de alto rendimento, com treinamento de equipes na categoria de base, cadete, juvenil, júnior e principal.

Desde 2007, a Força Atlética também desenvolve projeto social com o atendimento de alunos de redes públicas de educação. A ação é voltada para crianças e pré-adolescentes, oferecendo inclusão, esporte e aulas transversais sobre meio ambiente e combate às drogas.